quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Pedaços que eu juntei.

"Say what you need to say..."

Lembro.
Vagamente.
Do dia que cantei isso...
Foi exatamente.
Não sei ao certo.
No mesmo dia, de toda uma época.Que acabou ali, e eu só vi agora, na semana passada, seguinte a essa.
Em que se acreditava que havia algo para dizer...
Não tínhamos nos dado conta de que a tela em branco era bem maior que o colorido daqueles sonhos.
O mesmo colorido que hoje me dá saudades, e eu nem acredito que ele existiu.dizem que tem fotos, e mais gente lembra disso.
eu não.
_________________________________

"Eu acredito nela"

"
Só quero saber que você tem a mesma certeza que eu tenho, não daria certo, né?!"

"Não sei."

"Eu sei."

"Não sabe."

-EU SEI SIM!
_____________________

"Era a sua droga né?"

"Era...mas deixou de surtir efeito.Quando volto para casa, os entulhos continuam no mesmo lugar.nem um centímetro pra lá, nem pra cá.E, eu achando que tinha poderes sobrenaturais.Eram projeções? Era aquilo? Era eu?"

"O que você acha?"

"A única coisa que me vêm é..."era"...Será que preciso arrumar outro pílula- de- farinha???"

Acho que o diálogo foi assim.E eu achando que era a única a me pronunciar...ao dizer que somos também quem contribui para sermos o que somos...é (quase) sério.









3 comentários:

Lilian disse...

Dica de leitura...Textos ácidos e sarcásticos, pra quem quer ficar por dentro dos assuntos políticos e dos últimos acontecimentos de forma leve.


www.mosaicodelama.blogspot.com

Boa leitura!

Karol Gonçalves disse...

Say what you need to say..."

qual é a música,Lombardi?

Karol Gonçalves disse...

"O mesmo colorido que hoje me dá saudades, e eu nem acredito que ele existiu.dizem que tem fotos, e mais gente lembra disso.
eu não."

Olha vc,protagonizando belamente aquele velho roteiro!